29.12.10

Grandes ideias para 2011

A partir das 22h tocar ininterruptamente na esquina do Saldanha o "E Depois do Adeus".

25.12.10

É que nem me sentia bem se não viesse partilhar isto convosco

"O local mais exótico onde fiz amor foi dentro de um Fiat, à porta de um cemitério".

Toy, na edição de sexta-feira do Correio da Manhã.

23.12.10

Não faço balanço do ano

No entanto deixem que vos diga que "Pare, Escute, Olhe" foi das melhores coisinhas que vi nas salas de cinema em 2010, que o tema "Shooting Stars" dos Bag Raiders ainda continua a rodar no mp3 e que Orelha Negra foi o melhor álbum do ano. Que Gossip e Booka Shade protagnizaram os melhores espectáculos, ambos no Alive, embora registe ainda aquele Belenenses-Porto para a Taça de Portugal, em Janeiro, que terminou com 11-12 após grandes penalidades, isto depois de um 2-2 em 120 minutos. Se isto não foi espectáculo não sei como qualificar. A frase do ano é "bom dinamite cerebral" e a banhada as presidenciais, que são uma ideia com piada mas era mais giro com candidatos a sério. Se me lembrar de mais alguma coisa digo-vos. Obrigado pela atenção.

16.12.10

11.12.10

Faz-me confusão escutar que Cristo é Deus feito homem

Parece que estão a falar com o meu vizinho de 12 anos: "olha para ele, tá feito um homenzinho". Vejam lá se mostram mais respeito, se fizerem favor.

7.12.10

A ver se nos entendemos

É sempre "este Natal ajude o próximo". O que sucede é que eu chego ao Natal seguinte e pedem-me outra vez para ajudar o próximo. Se vamos andar sempre a adiar a coisa eu acabo por não ajudar ninguém. A ver se resolvem isso.

1.12.10

Devo ter sido fotografado por engano em alguma revista do social

É que ultimamente muitas pessoas me têm desejado boas festas. Esta gente deve achar que sou a Paula Bobone.

23.11.10

24/11

A ver se nos entendemos: ficar mais umas horas na cama de manhã não é aderir à greve, é adormecer.

22.11.10

Citando

McKenzie: So do you have a boyfriend?

Summer: No.

McKenzie: Why not?

Summer: Because I don’t want one.

McKenzie: Come on; I don’t believe that.

Summer: You don’t believe that a woman could enjoy being free and independent?

McKenzie: Are you a lesbian?

Summer: [laughing] No I’m not a lesbian. I just, don’t feel comfortable being anyone’s girlfriend. I don’t actually feel comfortable being anyone’s anything.

McKenzie: I don’t know what you’re talking about.

Summer: Really?

McKenzie: Nope.

Summer: Ok, let me break it down for you.

McKenzie: Break it down!

Summer: Ok. I, like being on my own. I think relationships are messy and people’s feelings get hurt. Who needs it? We’re young, we live in one of the most beautiful cities in the world; might as well have fun while we can and, save the serious stuff for later.

McKenzie: You’re a dude. [to Tom] She’s a dude!

Tom: Ok but wait–wait. What happens if you fall in love?

Summer: You don’t believe that, do you?

Tom: It’s love, it’s not Santa Claus.



in 500 days of Summer

17.11.10

As autoridades garantem estar preparadas para qualquer ameaça na cimeira da NATO

Portanto como evitar ataques terroristas já sabemos. Só falta descobrir a solução para a problemática das bolas de golfe em estádios de futebol.

11.11.10

Facebook

No fundo houve traições, amizades destruídas, dinheiro, tribunais. Tudo para que um dia fosse possível alguém partilhar com o mundo: "ppl preciso de telhas pró estábulo".

8.11.10

Jesus

Hoje ia no metro com o Zeca no mp3 enquanto cantarolava "Venham Mais Cinco". Um sujeito olha para mim com cara de mau. Tenham cuidado camaradas, esta malta do governo não está para brincadeiras.

31.10.10

Chiado

Se fosse motorista do 28 ontem tinha passado o dia a cantar "sou marinheiro neste velho cacilheiro".

26.10.10

25.10.10

Ao que parece, a acompanhante de luxo do Secret Story teve uma relação com Pinto da Costa

Não sei se foi antes da Carolina e da brasileira ou se depois. De qualquer forma parece-me seguro afirmar que o Pinto da Costa está para o engate como o Richard Gere no Pretty Woman: gosta de salvá-las de vidas difíceis.

18.10.10

Uma ideia para Portugal

CSI Quarteira. Para crimes de natureza urbanística de difícil explicação.

14.10.10

Sarkozy

Se o Quaresma fosse transferido para França era o primeiro jogador a ser dispensado de uma equipa pelo governo.

9.10.10

Não entendo as críticas à mensagem da ministra da educação

Pessoalmente até acho que podia ter ido mais longe. Estava sinceramente à espera do momento em que entrassem as gémeas e o Faial.

8.10.10

Temporal (16h30)

Em verdade vos digo: o mundo divide-se entre os que sabem do que falo quando digo "chuva no telhado e vento no portão" e os que não sabem. Não tenho respeito por estes últimos.

7.10.10

República

Gosto muito de escutar monárquicos que utilizam como argumento a favor da sua causa: "a República é só chulos". A sério, acho giro.

28.9.10

FMI

Proposta de convidado para o próximo Prós e Contras: José Mário Branco.

24.9.10

16.9.10

No amor sou como o PS

Na altura do despedimento também não aceito nem razão atendível nem razões legalmente atendíveis.

10.9.10

Descer a Avenida em direcção à Baixa

Assim de repente o evento Vogue parece a versão fashion de uma manifestação da CGTP.

6.9.10

A carrinha dos Xutos foi roubada

Parece-me precipitado falar em roubo. Pode dar-se o caso de ter sido alguém que pensou "foda-se já chega"!

5.9.10

Casa Pia

Ninguém me tira da cabeça que neste processo passou-se muita coisa por trás.

1.9.10

O amor é como o Avante

Uns olham para aquilo como uma coisa séria. Outros apenas querem entretenimento.

31.8.10

Tive aqui uma ideia que gostava de partilhar

Quem fizesse mais de 800 km em estradas nacionais e conseguisse sair ileso devia ter direito a prémios. Combustível mais barato ou assim. Lembrei-me disto agora.

19.8.10

Por vezes o amor é como uma linha de apoio técnico

Quando pensamos que vamos ter uma resposta percebemos que afinal é só para nos dizerem: "ainda está em linha, então aguarde mais um pouco por favor".

17.8.10

Em escuta ali ao lado



Sim, mesmo na segunda divisão. Sim, mesmo depois de levar cinco do Freamunde. Mas não se preocupem que sou uma jóia de pessoa.

16.8.10

O bebé na incubadora, all over again

Na festa do Pontal, Mendes Bota afirmou no seu discurso, dirigindo-se a Passos Coelho: "este homem vive em Massamá". E permanece assim o hábito de no PSD o líder acabar sempre insultado por um dos seus. Não há partido que resista.

12.8.10

Não vos quero incomodar mas gostava de partilhar aqui uma coisa com a estimada audiência

Há duas noites escutei um programa na Rádio Renascença, daqueles que apelam à participação do público, e ligou para lá um cavalheiro que defendeu que a solução "era pôr essa gente do rendimento mínimo a ajudar a apagar fogos". Achei querido.

10.8.10

Em verdade vos digo

Ninguém me tira da cabeça que o Zeca escreveu "Os Vampiros" depois de uma noite de engate que lhe correu mal.

5.8.10

Desportos radicais

Percorrer os concertos do Tony Carreira em Agosto com um cartaz do Tony de Matos e a frase: "There´s Only One Tony".

26.7.10

What we've got here is failure to communicate

Quando estiverem junto ao carro num estacionamento e surgir uma miúda a perguntar "vais sair", convém não responderem "por acaso não tenho nada planeado, onde é que estás a pensar ir"?. É que na volta ela está apenas a procurar lugar para estacionar e gera-se ali uma situação embaraçosa. Lembrei-me de partilhar isto com vocês.

19.7.10

Quiri-quiri quiri-quiri-quiri qui

Por vezes no amor fazia mesmo falta um Falâncio. Alguém que de megafone em punho incentivasse "luta luta camarada luta".

14.7.10

Citando

(...) um exemplo contemporâneo é a contaminação cruzada da língua amorosa com a língua amistosa ou social. Chama-se "meu amor" aos cabeleireiros. "Despacha-te, meu amor, que eu estou super atrasada". Quando "meu amor" é para toda a gente, todas as palavras do vocabulário amoroso são despromovidas. "Querido" já se usa como palavra agressiva: "Ó meu querido amigo, se você não tira já daí o carro...". Na Inglaterra, love you! já se usa mecanicamente ao telefone, para indicar o fim de uma conversa. Em Portugal, ainda não chegámos a esse ponto, mas já se diz "amo-te" com grande ligeireza, no sentido de "obrigado!" ou "fizeste exactamente o que eu queria obrigada!". Diante esta apropriação, o amorês é obrigado a carregar-se de bagagens suplementares. Se "amo-te" não quer dizer nada, é preciso acrescentar: "Amo-te. Mas é a sério. É amor mesmo; amor verdadeiro". O que estraga tudo, claro.

Miguel Esteves Cardoso, na edição de segunda-feira do "Público".

5.7.10

Com dedicatória *

(...) Nesse ano, antes de um Portugal-Espanha, como começava a ser costume, as equipas perfilaram-se diante da tribuna principal para saudar as entidades oficiais, com o braço erguido. Saudação fascista que eufemisticamente se chamava... olímpica. Três jogadores, todos eles do Belenenses, treinado por Cândido de Oliveira, não fizeram a saudação de braço em riste: Artur Quaresma deixou-se ficar em sentido, José Simões e Mariano Amaro foram mais longe e cerraram os punhos! No campo, mal se deu por isso, mas, depois, a revista Stadium publicou a fotografia, com uns dedos pintados, espetados, à frente das mãos fechadas — boa terá sido a intenção, mas mau foi o retoque. Ficou o gato escondido com o rabo de fora. A bronca estoirou. Os três jogadores chegaram a ser detidos pela PIDE, para averiguações, mas acabaram libertados, salvos, afinal, pela sua qualidade de futebolistas, já que se fossem atirados para os calabouços não haveria hipótese de se encobrir o escândalo, ter-se-ia de explicar porque não jogavam nos domingos seguintes.

* Texto retirado daqui, direitinho para este post no Cinco Dias.

4.7.10

O Moutinho vai para o Porto e o Ronaldo foi pai

E dou assim por concluída a rubrica: temas para os quais estou absolutamente a borrifar-me.

30.6.10

Out

Agora dá para parar com aquele anúncio do "i got a certeza", não dá?

28.6.10

OST

Na última semana sempre que ligava o mp3 surgia La Roux com "I´m Not Your Toy". Aquela que diz "yes It's all false love and affection, you don't like me you just want the attention" . Acabei de descobrir que o raio do aparelho tem dotes premonitórios.

25.6.10

15h

Ocorre-me uma coisa sobre a transmissão do jogo de hoje em locais públicos: SEF.

23.6.10

Part of the weekend never dies

Não precisava de a ter no Facebook. Os meus olhos já exibiam um enorme "gosto disto".

21.6.10

Já agora permitam só mais uma observação

O comentador disse que a seguir ao golo do Simão o Carlos Queiroz "levou os indicadores à cabeça". Pá, essa coisa de fazer cornos ao Simão tem piada mas já chateia um bocado.

Apesar do resultado permitam que diga uma coisa sobre o jogo de Portugal

Na primeira parte a Coreia jogou tão bem que tive de confirmar se tinha o televisor no 1 ou se estava no 2 a ver o Tsubasa.

18.6.10

"Com o passar dos dias, e vendo que realmente ninguém morria, os pessimistas e os cépticos, aos poucos e poucos no princípio, depois em massa, foram-se juntando ao mare magnum de cidadãos que aproveitavam todas as ocasiões para sair à rua e proclamar, e gritar, que, agora sim, a vida é bela. Um dia, uma senhora em estado de viúva recente, não encontrando outra maneira de manifestar a nova felicidade que lhe inundava o ser, e se bem que com a ligeira dor de saber que, não morrendo ela, nunca mais voltaria a ver o pranteado defunto, lembrou-se de pendurar para a rua, na sacada florida da sua casa de jantar, a bandeira nacional. Foi o que se costuma dizer meu dito, meu feito. Em menos de quarenta e oito horas o embandeiramento alastrou a todo o país, as cores e os símbolos da bandeira tomaram conta da paisagem, com maior visibilidade nas cidades pela evidente razão de estarem mais beneficiadas de varandas e janelas que o campo. Era impossível resistir a um tal fervor patriótico, sobretudo porque, vindas não se sabia donde, haviam começado a difundir-se certas declarações inquietantes, para não dizer francamente ameaçadoras, como fossem, por exemplo, Quem não puser a imortal bandeira da pátria à janela da sua casa, não merece estar vivo, Aqueles que não andarem com a bandeira nacional bem à vista é porque se venderam à morte, Junte-se a nós, seja patriota, compre uma bandeira, Compre outra, Compre mais outra, Abaixo os inimigos da vida, o que lhes vale a eles é já não haver morte."

José Saramago, "As Intermitências da Morte".

17.6.10

Nunca tive grande interesse nas cartas de Fernando Pessoa

Se é para ler mensagens de amor de um bêbedo tenho os itens enviados do meu telemóvel nas noites de sábado.

13.6.10

Na noite de Santo António é garantido que há gente que acaba sempre por armar confusão

A solução para o problema já foi apresentada há muitos anos pelo Vasco Santana: "Ó Quinquinhas, por que é que não bebes antes água de Vidagos"?

8.6.10

Nunca vi o Toy Story

Nada contra o filme. Eu é que em geral não tenho grande interesse por biografias de cantores românticos.

7.6.10

Como não tenho Tweeter, e pássaro por pássaro sempre preferi o Poupas, os comentários ao Lakers vs Celtics vão mesmo por aqui

1) As bancadas do Staples Center, em LA, são uma espécie de gala dos Globos de Ouro só que com gente verdadeiramente famosa.
2) O Kobe passou a bola. Tenho pena de não ter gravado o momento.
3) Segundo os anúncios da ABC, no Wendy´s um burguer Deluxe está a 2.99. Pelo aspecto não vale um corno.
4) O Gasol é o melhor desportista ibérico.
5) Isto com o Kevin McHale tinha mais piada.
6) Até ao momento o melhor em campo é o Rondo. Se lá a imprensa desportiva for igual à de cá as manchetes amanhã são "Rondo dos quatro caminhos".
7) Fim 1º período com 22-29 para os Celtics.
8) Segundo o comentador os Lakers falham a 10ª tentativa consecutiva. Parece as minhas noites de Sábado.
9) O Andy Garcia tem um bigodinho verdadeiramente espectacular.
10) O Ray Allen faz 5/5 em triplos e a coisa vai ficando fácil para os Celtics.
11) Anúncios à Budweiser. Eeeehhhhh cerveja a fingir.
12) Olha a Hilary Swank. Ou era um gajo? Confundo sempre.
13) Intervalo. No Denny´s a refeição tem melhor aspecto que no Wendy´s.
14) Os anúncios aos programas do coração da ABC andam à volta da morte do Gary Coleman. Não sabia quem era. Fui pesquisar. É uma espécie de Nelson Ned.
15) Os Lakers estão a dar a volta à coisa. Mas isto com o James Worthy era diferente.
16) Gasol é o melhor basquetebolista europeu de todo o sempre.
17) O Ray Allen leva 8 triplos. Era mais ou menos por esta altura que eu começava a gritar "quem está a defender o gajo cara##o!!??"
18) 91-90 a 3 mins do fim e o máximo que o público faz é gritar "defense". Só meninos. Punha-os a jogar na Grécia que era uma beleza.
19) Isto com o Parish era diferente.
20) Vitória dos Celtics. Gostei muito deste bocadinho.

20.5.10

Vuvuzela

Cada vez que aproxima-se um jogo da selecção fico sempre com a sensação que é Natal: Há Circo.

19.5.10

The Pipettes are no longer The Pipettes

Por isso o que está em escuta ali ao lado é simplesmente o mais recente trabalho da genial Gwenno Pipette. Parece que está acompanhada de mais duas gajas. Não sei quem são e desconheço a razão de utilizarem o nome de uma banda que acabou em 2008.

18.5.10

Dia Nacional Contra a Homofobia

O vocalista dos Tokio Hotel é tão paneleiro que tinha de ser criada a categoria GLBT TDI.

17.5.10

13.5.10

8.5.10

Edgar tornou-se fã de Ricardo Rodrigues

Porque uma ou outra vez, em certas noites de sábado, também eu já senti vontade de praticar "actos irreflectidos" por "a pressão exercida sobre mim constituir uma violência psicológica insuportável".

2.5.10

Comprei Os Irmãos Karamazov

Foi emocionante. Senti-me o cabecilha de uma daquelas redes de tráfico de crianças.

26.4.10

A cantiga é uma arma

É verdade. No caso do André Sardet aquilo tem momentos em que chega mesmo a aleijar.

17.4.10

Telemarketing

Ligam-me para saber se estou interessado num seguro de acidentes pessoais. Pergunto se cobre problemas de coração. Questionam se sofro de doença cardíaca. Respondo que não, tenho é um azar desgraçado com as mulheres. Do outro lado escuto risos. A sério, estas miúdas dos call-centers são muito insensíveis.

16.4.10

Os Franz Ferdinand agora também animam Queima das Fitas

Não sei qual é a parte do "eles-vão-dividir-cartaz-com-o-Quim-Barreiros" que não pode ser vista como desprestigiante. Por outro lado pode acrescentar à banda um impulso criativo. Já os imagino de regresso à pátria comentando "the guy that played after us was amazing. He wrote a song about how he wanted to smell his wife pussy. But man, listen to this, he didn´t say pussy. He changed it for codfish. So nobody knows he was talking about his wife pussy. Because he was saying codfish. Understand? It was brilliant".

14.4.10

13.4.10

Zapping

Quando a TVI anunciou um programa chamado "Depois da Vida" pensei que fosse uma coisa com putas reformadas.

12.4.10

"Alguém que solte um toiro desembolado a este tipo, pelo amor de Deus"

ó nuno: luz?, no Gravidade Intermédia.

Facebook (IV)

Uma amiga minha publicou no seu mural: "preciso que me encham o galinheiro". Liguei-lhe então para combinarmos e ela chamou-me porco e ordinário. Então se não queria para que é que publicou aquilo? Fiquei mesmo convencido que era uma espécie de código.

6.4.10

@ restaurant

Em jantar com companhia feminina, quando chega a altura de trazer a conta o empregado aproxima-se da mesa e pergunta: "factura"?
- Meu, tenho essa esperança sim, mas não faças essas perguntas à frente dela foda-se.

5.4.10

Uma destas noites encontrei a Soraia Chaves no bar do costume

Só não meti conversa com ela porque um homem tem os seus limites. E no meu caso são mulheres que já estiveram nuas em frente ao Nicolau Breyner.

4.4.10

Em escuta ali ao lado

Não vale a pena perguntar à senhora dos La Roux se está estupidamente apaixonada. Ela responde logo "I´m not you Toy". Acontece o mesmo quando lhe dizem "sensual és tão sensual". Pronto, acho que vou parar por aqui.

29.3.10

Citando

"Sei que estou a ser estúpido, mas não quero que ela vá à minha loja. Se ela fosse à minha loja, eu talvez pudese passar mesmo a gostar dela, e depois ficava sempre a ver se ela aparecia, e entretanto ficaria nervoso e a sentir-me estúpido, e talvez acabasse por convidá-la para tomar um copo duma maneira desajeitada e sinuosa, e ou ela entrava na mesma onda, e eu sentir-me-ia um idiota, ou recusava logo, e eu sentir-me-ia um idiota. E a caminho de casa, depois do concerto, já estou a pensar se ela virá amanhã, e se vier, se isso quererá dizer alguma coisa, e se quiser dizer alguma coisa, para qual de nós será, embora o Barry seja provavelmente um falhado. Merda. Odeio estas coisas todas. A que idade é que isto acaba?"

Nick Hornby, "Alta Fidelidade".

27.3.10

Parece que ontem a TVI transmitiu um programa onde basicamente fala-se com mortos

Tive pena de não ver. Até porque defendo que desde o fim dos Contemporâneos que faltam bons programas de humor na televisão portuguesa.

26.3.10

Limpar Portugal

Não acho nada bem que estes novos projectos andem a roubar slogans ao PNR.

17.3.10

SBSR

Este ano o evento realiza-se no Meco e em cartaz estão já confirmados Cut Copy, Empire Of The Sun e Pet Shop Boys. Tenciono ir mas julgo conveniente acrescentar que estou seguro da minha heterosexualidade.

13.3.10

PSD

Chamar-lhe um congresso extraordinário talvez seja colocar as expectativas demasiado altas, não?

10.3.10

Eu conto com o continente

Nunca sei se estou a assistir ao anúncio de um hipermercado ou a mais uma gala de apoio à Madeira.

9.3.10

Facebook (III)

Aquilo podia evoluir para uma versão mais adulta. Em vez do FarmVille uma FuckVille: "Edgar sent you a fuck invitation Accept/Ignore".

8.3.10

Leãozinho

Depois de terem levado cinco do Porto e quatro do Benfica os adeptos do Sporting foram hoje para o Restelo gritar olés enquanto festejaram com cânticos a queda do Belenenses na segunda divisão. Até ao momento em que escrevo este post não consta que algum sportinguista tenha percebido o quanto isso é triste e revelador do estado de decadência a que chegou o seu clube.

2.3.10

Esta semana vi o Rui Costa num carro ao lado do meu à entrada de um túnel

Pelo sim pelo não decidi ir por cima. Assim que entrasse ele ainda arranjava maneira de eu ficar com inibição de conduzir durante sei lá quantos meses.

27.2.10

Em escuta ali ao lado

O recente "Paper Romance" tema de avanço para o novo álbum de Groove Armada a sair durante o mês de Março. Acrescente-se que seria um nome desejável para acrescentar aos convidados dos Festivais de Verão, uma lista para já promissora valha-nos isso.

25.2.10

Facebook (II)

O meu projecto mais recente é criar um perfil de Catarina Eufémia para aderir ao FarmVille e foder aquela merda toda.

19.2.10

Facebook

Não percebo a piada de jogarem "Mafia Wars". Se é para isso sejam homenzinhos e arranjem emprego numa discoteca do Porto.

17.2.10

Balanço

Dizem que Torres Vedras foi a capital da folia durante os três últimos dias. De acordo com o que vi na tv calculo que o Conde Redondo domine no resto do ano.

10.2.10

Junta-te a nós, bora lá, pela Liberdade de Expressão e coiso

Andava eu a dedicar uns minutos para procurar sensibilizar-me para a questão, porque isto convém um gajo alinhar nas modas, quandi li no "Correio da Manhã" a jornalista Manuela Moura Guedes comentar a suposta relação do primeiro-ministro com uma familiar sua, Guta Moura Guedes: "Isso é impossível porque ele não tem affairs com mulheres", disse. Enquanto um dos rostos supostamente censurados insistir em manter a questão ao nível dos comentários jocosos sobre a orientação sexual do primeiro-ministro eu vou continuando a rejeitar a ideia de que existem problemas com a liberdade de expressão cá no burgo. É como o Benfica queixar-se de arbitragens. Não significa que, aqui ou ali, não exista um ou outro motivo de queixa. Mas lamentar-se é gozar com quem é verdadeiramente prejudicado pelos árbitros. Desculpem lá rejeitar o banner. Mas vão mantendo-me informado das próximas causas. E coiso.

5.2.10

Dizem-me que nas coisas do amor é preciso ir à luta

E eu que até agora tenho estado tão confortável a fingir-me de morto a ver se não me batem mais.

27.1.10

26.1.10

Champions League

É difícil fazer boa figura no jogo quando desconfiamos que a simples presença na lista dos convocados já é por si só um equívoco.

19.1.10

No mês passado surgiu aqui nas redondezas a rotunda Tratado de Lisboa

Tem uma placa a assinalar o feito e 27 árvores plantadas. Por enquanto. Estou convencido que a da Irlanda assim que tiver oportunidade foge rua abaixo.